Sistemas De Transporte Aula 1

Sistemas De Transporte Aula 1

Sistemas de Transporte
Aula 1
Prof. Marcus Ignácio
Engenharia de Transportes
A demanda por Sistemas de Transporte
NECESSIDADES
REALIZAÇÃO DE
ATIVIDADES
DESLOCAMENTO
DEMANDA POR
TRANSPORTE
Acessibilidade x Mobilidade
? Segundo Hansen (1959)
“Acessibility is defined as the potential os opportunities for interaction.”
? Mobilidade é “a capacidade de se deslocar no espaço.” (Houaiss, 2014)
?Mobilidade e Acessibilidade se relacionam, mas não são a mesma coisa.
Acessibilidade x Mobilidade
? Toda sociedade requer mobilidade para seu funcionamento.
? Na medida em que a mobilidade é ampla e irrestrita, aumenta-se a
acessibilidade.
? O acesso às opções de trabalho, lazer, consuma, educação etc. depende
da qualidade dos sistemas de transporte de determinada região.
DESENVOLVIMENTO
??
?
?
Local
Regional
Nacional
Internacional
SISTEMAS DE
TRANSPORTES
? Modais
? Foco no
usuário
? Qualidade de
vida
? Custo
A Engenharia de Transportes
Definição, segundo o ITE:
Aplicação de princípios tecnológicos e científicos ao
planejamento, projeto funcional, operação, administração e
gerenciamento de instalações para qualquer modo de
transporte de forma que permita a movimentação de
pessoase bens de modo seguro, rápido, confortável,
conveniente e econômico com um mínimo de interferência
com o meio ambiente natural.
A Engenharia de Tráfego
Definição do ITE:
Ramo da Engenharia de Transportes que lida com o
planejamento e projeto geométrico de redes viárias,
terminais e áreas adjacentes, com o controle de tráfego de
veículos nestes locais e com o seu relacionamento com
outrasmodalidades de transporte.
Caráter multidisciplinar
? Ramo relativamente novo dentro da Engenharia Civil e cujos conceitos são
extraídos de outras áreas do conhecimento:
? Economia;
? Geografia;
? Pesquisa Operacional;
? Geopolítica;
? Planejamento Regional e Urbano;
? Probabilidade e Estatística;
? Sociologia;
? Psicologia.
? Conhecimentos comuns do campo de conhecimento da Engenharia Civiltambém
são utilizados.
? Conhecimentos de veículos.
Caráter multidisciplinar
? Difícil definir um limite entre as áreas de atuação.
? Graduação: visão geral de como as áreas do conhecimento e suas
respectivas variáveis se relacionam.
? Pós-graduação: especialização de engenheiros civis em transportes
(outras formações também têm esta opção)
Caráter multidisciplinar
? As instituições abaixo oferecemcursos em nível de pós-graduação strictu
sensu nas áreas de transportes (segundo o MEC):
? Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ)
? Universidade Federal do Ceará (UFC)
? Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
? Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
? Universidade de Brasília (UnB)
? Universidade de Campinas (UNICAMP)
? Universidade de São Paulo (USP/EESC)
? Instituto Tecnológicode Aeronáutica (ITA-SP)*
Desafios da Engenharia de Transportes
? Encontrar a melhor combinação dos componentes de um sistema de transporte:
veículos, vias, terminais etc.
? Propor alternativas para a operação de um sistema de transportes numa
determinada região (interferências x níveis de serviço no atendimento).
? Regiões
limitadas
x
regiões
geográficas
extensas
x
propósitos
dedeslocamento/mobilidade.
? Papel do Engenheiro de Transportes:
? Atuação em qualquer elemento do sistema.
? Engenheiros Civis: ferrovias, rodovias ou portos.
? Engenheiros mecânicos, aeronáuticos e navais: projeto e execução de veículos.
? Engenheiros elétricos, eletrônicos e de computação: sistemas de comunicação e de
controle operacional.
Abordagem sistêmica da Engenharia de Transportes
Definição deSistema
? Grupo de componentes que interagem para desempenhar uma tarefa ou atingir um
objetivo pré-definido
? Exemplo de sistema: rede viária de uma cidade em que as vias, veículos e
terminais são subsistemas.
? Uma abordagem sistêmica permite analisar problemas complexos de maneira mais
eficiente.
? Problemas de sistemas de transportes são difíceis de serem analisados sem uma
abordagem…