QU MICA ENEM PETR LEO

QU MICA ENEM PETR LEO

Petróleo
PETRÓLEO
PROF. BETO
ANGLO SÃO CARLOS
FORMAÇÃO DO PETRÓLEO
?
Etimologia: Petra – “pedra”; Oleum – “óleo”.
?
Estado Físico: Líquido viscoso e coloração escura
(maioria dos casos).
?
Ocorrência: Encontrado em poros de rochas, em
terra firme ou sob o mar.
?
Constituição: É constituído fundamentalmente por
Hidrocarbonetos.
COMPOSIÇÃO ELEMENTAR
MÉDIA
Elemento
% em peso
Carbono83 a 87
Hidrogênio
11 a 14
Enxofre
0,06 a 8
Nitrogênio
011 a 1,7
Oxigênio
0,50
Metais ( Fe, Ni, V etc.)
0,30
ORIGEM DO PETRÓLEO
Resultado de uma lenta degradação bacteriológica de
substâncias orgânicas que se depositaram no fundo dos
lagos
?
Composição:
?
?
?
?
Hidrocarbonetos – apresentam uma proporção entre
50 a 98%. Entre os hidrocarbonetos estão os alcanos,
desde metano (CH4)ate os compostos com 40
átomos de carbono nas suas cadeias; principalmente
ciclo hexano; aromáticos como benzeno, tolueno,
xilenos etc.
Compostos oxigenados – ácidos naftenicos
Compostos sulfurados – São compostos corrosivos
e fétidos.
Compostos nitrogenados.
Localização:
A HISTÓRIA DO PETRÓLEO
? Existem referências de utilização do petróleo na Bíblia

? Alguns povos utilizavam opetróleo há cerca de 600 anos
para o cozimento de alimentos, iluminação e aquecimento.

? Apenas no século XIX Edwin Laurence Drake fez jorrar
petróleo em escala comercial iniciando uma corrida ao
chamado ouro negro fazendo com que a produção mundial
no ano seguinte atingisse a marca de 70.000 toneladas.

? Em 1887, com o advento dos motores a explosão, as
frações de petróleo passaram a ter grandesaplicações,
surgindo assim a gasolina, o diesel e o querosene de
aviação etc.

PROPRIEDADES DO PETRÓLEO
? As propriedades físicas do petróleo variam bastante, podem ser muito fluídos e claros, com
grandes proporções de destilados leves, e óleos muito viscosos e escuros com grandes
proporções de destilados pesados. Esta é a forma mais simples de se classificar os óleos crus:
leves e pesados.
? Pelo fato dos óleos serem constituídos, basicamente, de hidrocarbonetos a sua densidade
específica varia inversamente com a relação atômica C/H. A densidade específica do óleo cru pode
variar de 0,70 a 1,00.
? Em geral, ele é inflamável na temperatura ambiente.

? Seu odor pode apresentar características agradáveis, típicas de compostos aromáticos, até o aroma
fortemente desagradávelproduzido pelos compostos de enxofre.
A composição elementar varia muito pouco porque o óleo cru é composto por séries homólogas de
hidrocarbonetos.
FRAÇÕES BÁSICAS DO REFINO
Corte
Fração
Corte
Fração

C1 e C2
C1 e C2

C3
C3 e C4
e C4
20 a 220
20 a 220 ºC
ºC

150 a 300 ºC
150 a 300 ºC

100
a 400
100
a ºC
400

400 a 570
400 a 570 (*)
ºC (*)
(*)
ºC
ºC
acima de
570 ºC
acima de 570 ºC

gás combustível
gás combustível

gás liqüefeito
gás liqüefeito

nafta
nafta

querosene
querosene

gasóleogasóleo
atmosférico
atmosférico
gasóleo de vácuo
gasóleo
de vácuo

resíduo de vácuo
resíduo de vácuo
Uso
Uso
? combustível
combustíveldederefinaria
refinaria
? matériaprima
primapetroquímica
petroquímica
(etileno) matéria
(etileno
)

?? combustível
combustíveldoméstico
domésticoe industrial
e industrial, ·
?matéria
matéria
prima
para
petroquímica
prima para petroquímica , obtenção de
? obtenção
gasolinaveículo
de aviação
gasolina
de de
aviação
propelente para
aerosóis
? veículo propelente
para aviação
aerosóis
?? gasolina
gasolina automotiva
automotiva de
de aviação,· matéria
? matéria
para petroquímica
prima
para prima
petroquímica,
produção de solventes
industriais
? produção de solventes industriais
querosene de
?? querosene
de jato
jato(QAV)
(QAV), querosene de
? querosene
de iluminação
(QI)a produção de
iluminação
(QI),
parafinas para
detergentes
? parafinas para a produção de detergentes
combustíveispara
paramotores
motoresa a…