Psicodiagnostico Resumo

Psicodiagnostico Resumo

?RESUMO AV2 PSICODIAGNÓSTICO
PSICODIAGNÓSTICO TRADICIONAL:
Processo temporalmente limitado, que emprega métodos e técnicas psicológicas para compreender os problemas, avaliar, classificar e prever o curso do caso, culminando na comunicação dos resultados. É composto de Entrevista Inicial, Aplicação de Testes, Entrevista Devolutiva e Encaminhamento, se for o caso.
PSICODIAGNÓSTICOINTERVENTIVO:
O Psicodiagnóstico Interventivo é um procedimento clínico que consiste em efetuar intervenções já no momento de realização de entrevistas e aplicação de testes, oferecendo ao paciente devoluções durante todo o processo avaliativo e não somente ao seu final. Neste contexto, as técnicas projetivas são empregadas como meios de comunicação entre o psicólogo e o paciente.
A DIFERENÇA: TRADICIONAL xINTERVENTIVO
No psicodiagnóstico tradicional apenas no final acontece a comunicação dos resultados, já no Psicodiagnóstico Interventivo, o profissional efetua intervenções desde o início e utiliza técnicas projetivas.
OBJETIVOS DO PSICODIAGNÓSTICO:
É o processo que visa identificar forças e fraquezas do funcionamento psicológico, com o foco da existência ou não de psicopatologia.
ClassificaçãoSimples: Compara a amostra do comportamento com os resultados de outros sujeitos da população geral ou de grupos específicos.
Descrição: Ultrapassa a classificação simples, interpretando diferentes escores, identificando forças e fraquezas e descrevendo o desempenho do paciente.
Classificação nosológica: Hipóteses iniciais são testadas, tomando como referência critérios diagnósticos.
Diagnósticodiferencial: São investigados ou irregularidades ou inconsistências do quadro sintomático.
Avaliação Compreensiva: É determinado o nível de funcionamento da personalidade, são examinadas as funções do ego, em especial insight.
Entendimento Dinâmico: Permite chegar a explicações de aspectos comportamentais nem sempre acessíveis na entrevista.
Prevenção: Procura identificar problemas precocemente,avaliar riscos.
Prognóstico: Determina o curso do caso
Perícia forense: Fornece subsídio para questões relacionados com insanidade, competência para o exercício das funções de cidadão, avaliação de incapacidade ou patologias que podem se associar com infrações da lei, etc.
PASSOS DO PSICODIAGNÓSTICO:
O processo psicodiagnóstico é um processo cientifico e, como tal, parte de perguntas especificas,cujas respostas prováveis se estruturam na forma de hipóteses que serão confirmadas ou não através dos passos seguintes do processo. Normalmente, tem se como ponto de partida, o encaminhamento, e quem o faz pressupõe que o paciente possui problemas que têm uma explicação psicológica. Os objetivos do psicodiagnóstico dependem das perguntas iniciais, formuladas na primeira ou segunda sessão, que darãocondições para o estabelecimento de um plano de avaliação com base nas hipóteses e para realizar o contrato de trabalho.
Contrato de Trabalho: uma estimativa do tempo em que se pode operacionalizar as tarefas implícitas pelo plano de avaliação, bem como complementar as tarefas subsequentes até a comunicação dos resultados e recomendações pertinentes.
Estabelecimento de um plano de avaliação:Identificar recursos que permitam estabelecer uma relação entre as perguntas iniciais e suas possíveis respostas.
Bateria de testes:’ um conjunto de testes ou técnicas, que podem variar entre dois e cinco ou mais instrumentos, que são incluídos no processo psicodiagnóstico para fornecer subsídios que permitam confirmar ou infirmar as hipóteses iniciais, atendendo ao objetivo da avaliação.
Administraçãode testes e técnicas:
Levantamento, análise, interpretação e integração dos dados: Nesse momento já é possível descrever o paciente.
Níveis de inferência clínica, O processo que vincula o input ao output.
Classificação diagnóstica: Atualmente, os dois sistemas de classificação mais difundidos e usados são a CID-10 (OMS, 1993) e o DSM-IV (APA, 1995).
Comunicação dos resultados: O tipo de informe…