DEFICI NCIA VISUAL

DEFICI NCIA VISUAL

?Faculdades Metropolitanas Unidas
FMU

DEFICIÊNCIA VISUAL

Setembro – 2013
São Paulo – SP
Faculdades Metropolitanas Unidas
FMU

DEFICIÊNCIA VISUAL

Trabalho elaborado como parte da avaliação continuada do 3º semestre do curso de Fonoaudiologia período noturno. Disciplina de Linguagem Oral, Professora Taísa Giannecchini.

Setembro – 2013
SãoPaulo – SP
ÍNDICE

Introdução……………………………………………………………………………………………… 1
Deficiência visual……………………………………………………………………………………. 2
Tipos de deficiência visual………………………………………………………………………. 2
Causas da deficiênciavisual……………………………………………………………………. 3
O impacto sobre o desenvolvimento………………………………………………………… 4
Atuação fonoaudiológica………………………………………………………………………… 6
ReferênciaBibliográfica…………………………………………………………………………. 8

INTRODUÇÃO

Deficiência visual é definida como a perda total ou parcial, congênita ou adquirida da visão, com caráter definitivo, não sendo susceptível de ser melhorada ou corrigida com o uso de lentes e/ou tratamento clínico ou cirúrgico. Pode ser adquirida ou congênita. De acordo com a condição visual, as pessoas com deficiência visual podem ser cegas ou ter baixa visão (ou visãosubnormal).

DEFICIÊNCIA VISUAL

A visão é um dos sentidos que nos ajuda a compreender o mundo à nossa volta, ao mesmo tempo em que nos dá significado para os objetos, conceitos e ideias.
A história da pessoa com deficiência varia de cultura para cultura e refletem crenças, valores e ideologias que, materializadas em práticas sociais, estabelecem modosdiferenciados de relacionamentos entre esta e outras pessoas, com ou sem deficiências. Em grande parte das sociedades primitivas não havia cegos, pois os enfermos e as pessoas com deficiência eram mortos ou abandonados. O infanticídio das crianças que nasciam cegas e o abandono dos que haviam perdido a visão na idade adulta eram os procedimentos mais frequentes. A eliminação dos cegos e dos consideradosinválidos não se dava somente pelas difíceis condições de vida da época.
Nas sociedades primitivas, acreditava-se que as pessoas cegas eram possuídas por espíritos malignos e manter uma relação com essas pessoas significava manter uma relação com um espírito mau. O cego, então, convertia-se em objeto de temor religioso. Em outros casos, muito frequentes entre os primitivos, a cegueira eraconsiderada um castigo infligido pelos deuses, e a pessoa cega levava em si mesma o estigma do pecado cometido por ele, por seus pais, seus avós ou por algum membro da tribo.

TIPOS DE DEFICIÊNCIA VISUAL
Baixa visão ou visão subnormal:
Define-se baixa visão, ou visão subnormal, alteração da capacidade funcional decorrente de fatores como rebaixamento significativo da acuidade visual, reduçãoimportante do campo visual e da sensibilidade aos contrastes e limitação de outras capacidades. A capacidade de visão do melhor olho não passa de 30% em relação ao que se considera visão normal, mesmo com tratamento pertinente ou uso de óculos. Cada pessoa com baixa visão enxerga de forma diferenciada, de acordo com as alterações que podem ocorrer na função visual (prejuízo na acuidade visual, na visão decores, no campo visual, na sensibilidade ao contraste, na adaptação à luz).
Cegueira:
A cegueira, ou perda total da visão, pode ser adquirida, ou congênita (desde o nascimento). Acontece quando há pequena capacidade de enxergar ou perda total da visão.
As pessoas cegas podem utilizar os outros sentidos para sua aprendizagem e desenvolvimento, o Sistema Braille para ler e escrever e, também,…