ATPS Instrumentos E T Cnicas

ATPS Instrumentos E T Cnicas

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
Serviço Social
Instrumentos e Técnicas da Atuação Profissional
Tutora Presencial- Adriana Alves da Silva
Cleonilde Silva ……………………………………………………….RA:7375579804
Girlene da Conceição Sousa ……………………………………RA:7983728772
Gisele Luisa da Silva Rodrigues……………………………..RA:7981694906
Jessica Roberta Alves Correia ………………………………..RA:7533590572
Kênia Vanessa Alves Correia da Silva ……………………..RA:8310767930
Taguatinga – DF.
2015
O que na verdade, o profissional do serviço social usa como instrumento para exercer sua profissão
com eficiência e eficácia, é a instrumentalidade, é o seu senso crítico entre apopulação mais carente,
e as políticas públicas entre outros casos a serem resolvidos, onde essa instrumentalidade é mais do
que instrumentos e técnicas, mais sim uma capacidade ou propriedade constitutiva da profissão. O
assistente social, precisa das teorias, do conhecimento, para ser um profissional crítico, para quando o
mesmo se deparar nos conflitos que forem colocados em suas mãos, não se perderneles, mais sim
ser objetivo e claro.
Esse profissional tem que exercer um papel de mediador, com suas teorias, com suas técnicas, com
suas práticas, com seu conhecimento. Os instrumentos têm que ser usado de forma coerente e de
forma eficiente. O assistente social, tem que usar seu conhecimento das formas mais objetivas
encontradas, elas são e estão dentro dos conflitos encontrados, dentro dasociedade, usando sempre
seus instrumentos de produção e a mediação, como o profissional deve agir, o grau de qualificação, a
parte teórico-metodológica, obtendo conhecimento para poder usar melhor essa mediação. Essa
instrumentalidade surgiu á partir do momento que existiram os conflitos, e isso teve início com o
capitalismo, com um trabalhador que não tem condições de se sobressair com um salário,muitas
vezes bem mínimo, que vive do seu trabalho, da sua mão de obra, como uma mercadoria.
Na verdade, o Assistente Social, ele surge por que houve uma necessidade de um profissional que
pudesse fazer essa mediação, com sua busca, do seu instrumento étnico, da sua instrumentalidade,
da sua crítica, assim fazendo um elo de ligação entre as classes burguesas e o proletariado, desde os
tempos antigos.O profissional tem que entender o que é propriedade, o que é estrutura, entender a
conjuntura que é a parte do ser, a pessoa, o seu preparo técnico.
O próprio Estado ele foi tendo a necessidade que pudesse mediar esses conflitos, para poder manter
esse conservadorismo, na verdade o Estado ele favorece mais a classe burguesa que o próprio
proletariado a classe trabalhadora. A instrumentalidade queé usada e seus objetivos é explicitamente
fazer essa mediação dos conflitos, mediarem às divergências. As teorias são de suma importância
para poder reproduzir melhor papel como Assistente Social, perante a sociedade.
Os instrumentos que precisamos ter na verdade, é ter conhecimento, crítica e consciência, usar suas
técnicas e trazer uma solução para esses conflitos, usando:
•Os questionários;•As entrevistas;
•Encaminhamento;
•Relatórios
•Parecer Social
Devendo sempre usar a capacidade constitutiva da profissão, construída e reconstruída no processo
sócio histórico. Existem três dimensões a qual o profissional deve ter como base: Ético-Operativa,
Teórico-Metodológicos, Técnico- Operativa. Usando sempre com atitude investigativa e atitude
interventiva. “Como fazer a essa escolha deinstrumentos e técnicas, tem muito que se pensar no
“PARA QUE”, “POR QUE”,” O QUE’’, com um inicio, meio e fim.
Sempre ter muitos projetos e progressos, compreendendo sempre a teoria, a ter prática, suas
unidades dialéticas, a arte de dialogar e de debater, de persuadir ou raciocinar.
Quando se fala em atendimento em grupo, já está se fazendo uma ação. Os instrumentos e técnicas,
eles servem de…